terça-feira, 3 de novembro de 2009

Novos dias...

Tá faltando pouco pra que eu consiga dar passos rumo aquilo que todo mundo deseja. Um coração em paz, um trabalho que satisfaça e um bom lugar pra voltar todos os dias.
Os dias tem sido pesados, tamanha pressão que eu mesma venho me colocando pra fazer as coisas darem certo dessa vez. Ás vezes me pego sem entender como foi que tudo que eu planejei saiu do rumo com tal facilidade. Mas talvez eu tenha essa resposta, talvez não.
O que de fato eu consegui entender é que não sou intocável, a mola precisa ser lubrificada de vez em quando.
Eu vinha fazendo quase um movimento repetitivo de guardar, guardar, empurrar pra caber mais, guardar, e guardar. Mas aí certo dia, eu abri minha caixinha sem o devido cuidado e tudo isso caiu pra fora. E confesso não foi fácil ver tudo que eu empurrei ali dentro. Passei quase uma semana dando patadas no mundo, pra tentar me sentir melhor comigo mesma, e adivinhem? Não adiantou!
Separei o necessário, e o que definitivamente não era meu foi pro lixo!
E como o esforço sempre compensa, os dias tem sido melhores, e as esperanças tem voltado a me rondar!
Acreditem, uma hora o barco tem que andar!
Eu tenho dado passos bem menores do que os outros, confesso, mas já tive pressa e não me levou á lugar algum,pelo contrário, voltei ao ponto de partida!
Agora é um dia de cada vez!
Eu já não sou a mesma pessoa. E isso é uma dádiva em se tratando de alguém que enxerga fundo, mas é surda feito uma porta.

3 comentários:

Mih disse...

é isso aí, com calma, um passo por vez, com a certeza de que chegaremos lá.

amo seus posts cada vez mais.

beijos

Juliana Lira disse...

Cáh

O bom é ter muita coisa pra guardar na caxinha, há quem passe pela vida e ou só guarde porcaria, ou não tenha o que guardar!

Devagar se chega, e o melhor, devagar se chega sem se cansar!

Milhões de beijos

Renato Fierce disse...

hehe, calma! mas não se acalme tanto. estranho? esse texto pareceu uma das falas, ou pensamentos da heroína do livro que estou lendo, incrível. então seja vc mesma, posi tenho ctz que todo esse tumulto, de hormonios? de confusão? de sentimentos? não é só de sua parte, e esse cuidado deve consumir mta energia, sei lah, tagarelei. abraçoo! boa sorte.