quinta-feira, 12 de março de 2009

Broken strings

Algumas coisas, quebram-se apenas uma vez e fica difícil colar novamente né?
Por mais que a super bonder tenha sido inventada por alguem de quem eu sou fã número um, nem tudo dá pra grudar de novo com ela, algumas coisas mesmo coladas ficam claramente arranhadas, ou fica faltando alguma parte, que se perde em meio aos pedaços. E essa parte ou esses arranhões impedem que tudo volte a ser como era.
Difícil...
Imaginar que um pequeno deslize, um tropeço, ou um mal manuseio leva á acabar de vez com tanta coisa. Mas isso é nada mais nada menos do que mais uma lição dessa engraçadissima vida. Na próxima manuseie com cuidado, ande devagar quando levar algo nas mãos pra não derrubar, não aperte nada que é aparentemente frágil...e por aí vai.
Eu não quebrei nenhum vaso, não deixei cair a sacola com os ovos, eu tô realmente deixando o duplo sentido atingir seu objetivo.
E não que eu seja uma bonequinha de procelana, até porque tô longe de tamanha beleza e delicadeza, mais eu também quebro, e aí pode rezar, fazer macumba, pode chorar, pode ate me mandar milhoes daqueles chocolates de floresta negra que eu amo ( pode mesmo), ahahahah mas tenha certeza que....qubrar duas vezes é coisa pra imortais, pra essa pessoa que habita dentro de mim, uma vez já serve!

5 comentários:

Tatiana Carvalho disse...

QUe bonito texto. Falou tudo nele...
Bjs e fique com Deus

Cristiane Marino disse...

Minha amiguinha!

Que palavras fortes, esse tipo de sentimento muita gente tem só não sabe falar dele como você, você tem o dom de usar bem as palavras e fazer a dor virar poesia!

adoro ler seus textos!
beijosss
***essa semana está sendo muito corrida para mim no trabalho, acho que sábado irei num casamento. Mas, não esqueci de ti!
bjokas

Samy Silva disse...

casa comigo loiraooo!?!?!?!?!??!

Luh disse...

Esse texto ficou muuuuito bom amiga, nossa, me vi nele.
Beeeijooos

disse...

Cáh! Mais uma vez me surpreende com a beleza do seu conteúdo. De fato, passei por situação assim, a amizade retornou, nunca igual como antes, fica uma lacuna que não pode ser preenchida, nenhum remendo resolverá tudo, só aliviará o "rombo" que já foi feito. Parabéns pelo texto! Bjins e até!