terça-feira, 10 de março de 2009

Eu aprendi a esquecer...

Lembras quando deixei tudo de lado para que as coisas dessem certo?Pois bem, esse tempo se foi.E eu não tenho pretensão alguma de falar dele.Menos ainda de revivenciá-lo.Eu ando preocupada comigo, preocupada em errar pra aprender. Dar quantos tropeços forem necessários, pra mais tarde perceber a tal pedra. Perceber e jogá-la longe, com as minhas duas mãos.Perto de ti...Não destruísses sonhos, mas incansavelmente deu passos a fim de perturbar meu sossego.Bastaram as lágrimas ...Aquele presente de decepção está guardado aqui, com seus laços desfeitos.Agora, esqueça! A esperança de dias melhores é algo de que nunca irás me privar.Controle toda minha liberdade, continue planejando e atuando ao lado do que, logicamente, sabes que me afeta.O que tinhas pra perder, foi perdido pra sempre. Logo, não perdes nada.Aliás, perdes tempo.Todas as memórias permanentemente apagadas ...A minha maior tática eu aprendi com os inimigos, então não queira que eu te queira mal.Eu sou a mesma menina, vestindo a minha mais bem polida armadura.

3 comentários:

thai.coelho disse...

nao sei se vc reparou mas tem gente que tah copiando seus textos e se entitulando como autor!!!Nao deixe ngm roubar suas palavras...sao suas ideias e seu pensamentos!!!

bjo grande

Juliana disse...

Não não..ela que tá usando texto dos outros..e é bem provável que vcs conheçam a fotolog.com/fegava. Coisinha feia heimm!!

Marcelo-Agda disse...

Adorei esse seu texto, achei seu blog na net sem querer e comecei a ler, parabéns vc escreve muito bem!

agda@limao.com.br