quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

ÁGUA SANITÁRIA...

Eu desejo que a próxima chuva traga em sua composição água sanitária.Que trouxesse consigo o mais puro branco. Que caísse com peso nos ombros da consciência limpa.E o nosso próximo banho de chuva seria lindo, revelador...Não só borraria maquiagens tão bem elaboradas, nem somente carregaria toda a sujeira da rua. E dessa vez não adiantará correr para debaixo das marquises, menos ainda armar guarda-chuva.Água sanitária também corroe, desgasta, amarela.Pergunte a tua mãe, pelo menos 1/3 do produto geralmente é usado para amenizar o problema com os panos mais velhos e sujos.E particularmente, entre alvejante e o amaciante, eu fico com o primeiro. Amaciantes são superficiais do resultado ao nome. Não me convencem com seus adoráveis tons pastéis.Eu gosto da transparência, sempre gostei.Então não adianta bater na minha porta com os mais modernos e surpreendentes produtos de limpeza. Eu optei há tempos pelo antigo, por esse que ainda não me deixou na mão.Não, imagine. Não estou fazendo conotações, metáforas e nem qualquer coisa do nível.Estou apenas te dando alguns conselhos domésticos.É mais a minha cara, certo?Vá fundo, até a raiz da sujeira.

3 comentários:

A Borboleta disse...

Cah como vc é linda menina e escreve muitissimo bem...adorei e já estou acompanhando viu? cheiro

Ludmila disse...

aaahh... minha amiga escritora de longe! rsrssrss...
tem dias que acho que vc pega um pedaço de mim e escreve, será que tem como? rsrsrs
beeeijos

Ma Yamada disse...

Oi Cá!!!
Te indiquei pra um selinho noooovo! Voce merece!
Bjks e ótimo findi!