quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Incrível..


Até houve algumas tentativas de minha parte. Faltam números para falar de todas as vezes em que engoli em seco os desaforos e atos que um dia desaprovei. Eu vi minha personalidade, um de meus únicos troféus, virar pó.E eu tenho certeza de que todas as culpas são minhas. Eu não quis desistir. Não aceitei a ideía de meio castelo ser desperdiçado.
Eu acreditei em mudanças que, infelizmente não dependiam de mim. Eu acreditei em utopias, porque um dia eu li por aí em uma frase de E. Galeano que são elas que nos fazem caminhar.
Eu achei que talvez tu pudestes caminhar comigo. Acreditei nessa teoria e pisei fundo nela, e tem dias que eu acredito estar me saindo muito bem. Tem dias que tento me mover dentro desse novo molde criado pra mim, e percebo que já nao há espaço suficiente aqui dentro.
Fui eu quem resolveu tirar a armadura e novamente dar cara, coração e corpo á tapa. Tú jamais me fizestes grandes promessas, ou acenasses com a possibilidade de o castelo ser construído por inteiro. Entendes agora porque eu falo em utopias? Em sonhos minimalistas?? Em dar sem receber ou esperar nada em troca?
Eu queria realmente ser aquele tipo de pessoa despojada que só vê o hoje. Que não liga pro que faz com seu tempo, que não vê problemas em deixar de lado seus ideais por causas maiores. Não! Eu não sou assim! Lá no fundo eu sou aquela pessoa egoísta que te quer só pra mim! Que não quer te dividir com teus amigos, com tuas coisas, com teus sonhos, porque acende a luzinha da certeza que me faltará espaço. E eu sou espaçosa! Definitivamente muito espaçosa. O tipo de mulher que gosta de ser notada, e eu não estou falando em termos de atributos físicos. O tipo de mulher que gosta de sacudir o mundo alheio, e te deixar jogando palitinhos com aquilo que tu acreditas e aquilo que tu queres.
Fui só eu quem aceitou a condição de não ser a tua prioridade. Por menos avisos que tiveram pregados em paredes, você me deixou pistas desde o início de se seria assim. Você em seu mundo. Eu com minha fantasia de que tudo poderia mudar.
Hoje eu entendo com muita clareza algo que me disseram tempos atrás. Hoje eu entendo e vivencio muito mais o tal "carpe diem".
Hoje eu aproveito cada segundo ao teu lado, como se fosse o último. Tem dias que eu chego a acreditar que sejam os últimos. E seria cômico se não fosse trágico, mas nessa situação somente quem se atrapalhou fui eu.
E assim como me enganei com certas coisas, com a mudança e com um segundo tempo, lamento, tu também te enganastes
Errou se achou que eu nao era forte e um ser admirável.
Eu não sei perder. Então, eu ainda não desisti de você!
Deixa disso, vai.Pare com essa reação costumeira pós-decepção.Faça assim, preserve as boas marcas e elimine as amarguras.Deixe que os momentos, sejam eles curtos ou não, te envolvam ...Eu vou me apaixonar, vou amar, vou quebrar a cara, vou chorar sobre o travesseiro e falar que os homensnão prestam.Eu te quero comigo, mas a vida segue se eu não for capaz de te despertar o amor.Eu vou acordar e me arrepender de toda a cena.Eu quero criar personagens só para mim. Quero te ver do meu lado.Escrever belas histórias e não fazer o final que esperas. Eu quero te surpreender. Não espere nada de mim, espere sim, tudo.Espere para o almoço. Não me faça esperar demais, principalmente quando fizer frio. Crie muitos feriados. Crie nosso destino. Me cure outra vez. Seja mágico de novo.Só acabe por me fazer parecer tão louca outra vez.Aceite como desafio ou aceite para sempre em tua vida.Eu pelo menos já cansei de brigar com Murphy.Desde de quando os acontecimentos da minha vida foram comuns?Não é de hoje e nem deixo pra amanhã.Se algo nessa vida tem chances comigo, esse algo é a felicidade.Eu topo o desafio! Incrível...

9 comentários:

Blue disse...

Incrível sim... sempre somos um novo recomeçar... nem que seja pra querar a cara... denovo! Deve ser que tudo isso faz parte... sei lá! E comcerteza... dias melhores virão!

Retribuindo visita... e comentário.

Beijos

Renato Fierce disse...

Emocionante esse post... lembrei de muitas vezes que quebrei a cara na vida... Mas ainda somos obrigados a sempre correr o risco não é mesmo... Eu acho que também sou espaçoso rs, gostei disso, tenho um lado apaixonado, ou romantico incorrigivel e por mais que cada um demonstre seus sentimentos de uma forma ainda espero algumas atitudes, e sempre acabo decepcionado...

Quase Trinta disse...

Eu já tratei como prioridade quem me tratava apenas como opção. Construi o castelo achando que somente as minhas habilidades seriam o suficiente.
Me machuquei, me quebrei em pedaços e ainda tenho as cicatrizes profundas que sempre insistem em continuar sangrando.
Hoje n busco mais construir castelos de areia, quero algo sólido.
Aprendi que um relacionamento só pode ser construido a dois, que amar por dois só é pesado demais....


beijos... desculpe o desabafo

Juliana Lira disse...

Poxa!Que texto íncrivel, não desista jamais de ser feliz nem de seus sonhos, e carpe diem MESMO...
A vida passa rapido demais, aproveite-a.
Adorei e voltarei...

Milhões de beijos

Angélica Medeiros disse...

Cáh, adoreii o post! Porque que ser feliz eh tao incrivel e tão singular heim?? affy..pergunta deixada no ar.
bjo :D

Leandro disse...

Nossa, depois desse texto seu blog "ultrapassou o Palmeiras"... Aconteceu a mesma coisa comigo. Também passei por todas essas fases de mudar para o que achava que era o caminho correto, já li utopias e achei que ali era a chave-mestra, já tirei a armadura e botei a cara a tapa e no final percebi que é algo muito mais simples do que isso, mas é algo que nem todo mundo consegue ver (inclusive entender esse texto, que mais claro do que ele só com os comentários do lado de cada parágrafo...), identificar, pois o depois que as coisas aparecem todas na frente, você escolhe o caminho certo de olhos fechados. Estou na mesma fase de olhar pra trás e ver as besteiras que fiz, onde perdi tempo, onde foi um aprendizado que se tivesse visto na época solucionaria mais da metade dos meus problemas. Hoje em dia faço coisas que jamais imaginaria que fosse ser capaz de fazer, guardo os fatos para relembrá-los e contá-los da melhor forma possível, passei a pensar menos como será as coisas, deixar que a surpresa faça o papel dela sem interferências. Inventar doenças, dar zig para oportunidades que fatalmente valerão a pena o esforço e se não valer, fica o aprendizado.
E hoje, digo sempre, perae, relaxe, ainda é só o começo, não fique assim não, um novo eu nasceu e ele faz coisas bem diferente dos outros tempos. Fique tranquilo você está em boas mãos, cuidarei bem de você para que tenhamos ótimos frutos juntos. Agora ando no caminho certo e cada vez mais tenho plena convicção disso. Agora disseminarei a minha (pseudo?) sabedoria para quem acreditar em mim.
Viajei demais ou tô certo sobre o que você quis dizer no texto?
Beijão

Iza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Iza disse...

Difícil acreditarmo em alguém q sabemos q no fundo jamais vai mudar... basta apenas a nós decidirmos se queremos continuar a nos enganar ou seguir em frente... pode ser doloroso, mais nada q uma boa noite de sono não cure, sentimentos vem e vão... hj estamos perdidamente apaixonados por um ser e amanhã... já nao sabemos mais...
Qm não consegue viver um dia de cada vez, aproveitando o máximo oq ele vem a nos proporciona, acaba sofrendo mais do q os que vivem o hj! pq nós... não conseguimos dar um passo sem saber ou até msm sem imaginar oq isso vai significar num futuro....
Coração apertado porém ancioso... sem saber oq vem pela frente!!!

So Much More Than Words disse...

"Eu queria realmente ser aquele tipo de pessoa despojada que só vê o hoje. Que não liga pro que faz com seu tempo, que não vê problemas em deixar de lado seus ideais por causas maiores. Não! Eu não sou assim! Lá no fundo eu sou aquela pessoa egoísta que te quer só pra mim!"

Como sempre, Pé no chão!
O belo, o real...
A verdade por traz véu.

Cah! Continuo teu fan!
Ando meio quieto, mas entro quase todos dias aqui pra ler tuas "peripecias"!

Espero que tudo esteja bem!

Beijo Grande!!