segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sobra tanta falta...

"Falta tanta coisa na minha janela Como uma praia. Falta tanta coisa na memória Como o rosto dela. Falta tanto tempo no relógio Quanto uma semana. Sobra tanta falta de paciência Que me desespero. Sobram tantas meias-verdades Que guardo pra mim mesmo. Sobram tantos medos Que nem me protejo mais. Sobra tanto espaço Dentro do abraço. Falta tanta coisa pra dizer Que nunca consigo (...)"
Taí algo que ta sempre presente na vida da gente. As faltas. Mesmo que alguém te diga que é plenamente feliz, elas sempre sobram.
Sobra falta de um velho amigo, sobra falta da época da escola, da infância, de um gosto, de um cheiro, de um colo...sobra tanta falta.
E o mais engraçado são as faltas que nunca se fizeram reais, mais sobram, e sobram e sobram.
Aquele dia chato, o relógio não passa, voce sente falta de alguém sem saber de quem, sente vontade de comer algo sem saber o que, sente vontade de sentir alguma vontade.
Tem dias que sentimos vontade de ir a praia, tem dias que só queremos que chova pra poder ficar debaixo da coberta o dia inteiro. Tem dias que queremos colo de mãe, tem dias que só queremos a solidão...mas sempre sobra alguma falta.
Tá bom? podia melhorar. Tá comendo sorvete? podia ser na compania do namorado.
Tá indo pra uma balada muito massa? Podia ser com aquela amiga que agora mora longe, e que já te foi companheira de vida.
Dormiu bem? Poderiam ter sido 8 horas e não apenas 6.
E assim, sobra tanta falta...
E não é que sejamos insatisfeitos, infelizes, exigentes...mas é aquela sensação de que ainda falta alguma coisa.
Hoje ta me sobrando falta de ontem, muita falta!
Hoje me sobra falta de dias de sol, de dias de paz, me sobra falta de dias ao lado de tanta gente, de dias ao meu lado e só!
Hoje eu quero comer bis de copinho, ver filme com o namorado, fofocar com a amiga que tá longe, ganhar colo de mãe, achar dinheiro no chão, ganhar presente...affff cala a boca cátia, ta querendo demais!
E aí a gente dosa as faltas em cada dia...hoje o colo de mãe já me basta, amanha eu como bis, e assim vou suprindo as faltas, enquanto vou adquirindo novas hahaahahahah...
E aí tem dias que a gente não entende onde esta, porque está, como está, como chegou onde está...mas somos movidos pelas faltas...ahh disso eu tenho certeza!
E você.. sobra falta de que por aí?

Um comentário:

Juliana disse...

São mesmo, tantas faltas...
mas pelo menos tem o lado bom...a esperança de que um dia estas faltas serão supridas!

obrigada por visitar meu blog!
seu blog tem uma energia contagiante, eu venho aqui sempre que possivel!

beijos